Portal do Rap tracks on Soundclound

#portaldorap

Poesia Acústica #5 - Teu Popô Remix - Hodari | Ducon | Chris | Kayuá | Don L | Luccas Carlos | Maria
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR

PoesiaAcústica
372,273
Hungria - Beijo Com Trap ♪♫
Portal do Rap

Download em breve! Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) “BEIJO COM TRAP” Mano, não tem como explicar Tipo, bateu mo sintonia sabe Bagulho louco, treinado né galã Cheguei daquele jeito, entendeu Interessante!” Joguei logo o melhor kit o melhor Hum, joguei sujo de novo Já cantei um bit olhando no olho Provei que a fumaça é resposta do fogo Mais se você for fogo, eu posso ser fumaça Somos parte de um, divididos em brasa Componentes diferentes numa mesma solução, não são, não dá pra ver Se seu beijo é em vão sua mão não são não dá pra perceber Me acho imortal toda vez que me encontro ao teu lado só, só não Do teu lado eu não to só, me diz qual que é do B.O É trap com beijo, beijo com trap Nós na sacada do décimo oitavo É beijo com trap, trap com beijo Quer ganhar o mundo de moto ou de carro Refrão Hoje eu quero andar de Lamborghini, liga pro meu meu time e fala que tá tudo certo Ontem eu vi ela na vitrine, hoje to com ela Deus me dá tudo que peço E esse seu olhar vermelho e sensual, não mexe comigo que eu tô perigoso e se meus inimigos tão dormindo mal, é só o resultado do final do jogo Ganhamo de novo né Deve ser que faço por amor Aproveita que tá de pé, grita alto que o Brabo voltou Polêmicas, problemas, noites em claro sem dormir Meninas, na cena, parece os balaio de Madrid O meu som não para de nascer, não Minha caneta não fica sem tinta Me adapto quase mágico Rimando em notas destintas Quanto tempo faz que eu to no gás Atrás dos reais, andando na paz cê viu Cê queria mais me ver nos jornais cheio dos reais e fuzil, não Refrão Hj eu quero andar de Lamborghini...

Rap e Hip Hop
619,180
Tribo da Periferia - Pirata de Esquina ♪♫
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) Lealdade e prazeres São os nossos deveres Tu tem o poder da voz Só não fala que é nós, se você for um deles Se liga nessas noitinha aí De malandragem novinha "pae" Toda quebrada é casinha Mais o perigo é que nos atrai “Vamo” acordar cedo porra Prosseguir no enredo Foi tanto terror nessa vida Que hoje a rotina é não sentir medo Nasci no mapa da mina, tesouro De pirata de esquina, sem choro É só ver se combina, que a vida faz moda e a rua te ensina Eu tô bem de vilão Perdido no cântico que o louco romântico fez Tudo bem! Liga não A gente que eterniza, o tempo só avisa Tom tá ê Malandragem moderna é que dá esse tom no rolê E em tempos de guerra, onde qualquer paixão é lazer Virou moda na quebra O bagulho é brincar de crescer Brincar de ser rei Brincar de ser eu Um copo de plástico Hoje o pai ta lunático Então tá Bota o carro na sombra, e faz desse momento simples fantástico Silêncio pro brinde porra Hoje nós existe Preparado pra sorrir agora, carai Porque ontem foi triste Pensamento abre porta pra vida Pensamento abre porta pro crime Quem te ensina, provoca ferida Mais não vai deixar que as feridas te ensine Era mais um menino do pelô Na cidade da cor Nesse gueto do caos do calor Realizar o que nem sonhou E pilotar os carros mais velozes E brindar sempre por uma vida nova Uns vão tentar provar que são melhores Outros vão melhorando suas provas Eu tô bem de vilão Perdido no cântico que o louco romântico fez Tudo bem! Liga não A gente que eterniza, o tempo só avisa Tom tá ê Malandragem moderna é que dá esse tom no rolê E em tempos de guerra, onde qualquer paixão é lazer Virou moda na quebra O bagulho é brincar de crescer Brincar de ser rei Brincar de ser eu Sorrir mais é a meta O que é dos outros, é centavos No calor do momento Apenas aprecie o quanto eu sou falho Lembrei do pé na terra Hoje, nos botou pra esparro Não importa o chassi, caralho O som tá no talo Já joguei no time sem camisa Agora tô na firma dos firma Da velha SHA.LU.NA, das mina que faz a noite virar dia Como minha coroa dizia "que tudo é só fase na vida" Olha só o que você fazia E oh quem você é hoje em dia Quem nunca ouviu falar dos moleques Que cresceu da um à sete, nas entranhas desse agreste Quem lembrou? Quem nunca ouviu falar daquele Chevette hatch Queimava mais que as Hornet, na avenida do setor Eu tô bem de vilão Perdido no cântico que o louco romântico fez Tudo bem! Liga não A gente que eterniza, o tempo só avisa Tom tá ê Malandragem moderna é que dá esse tom no rolê E em tempos de guerra, onde qualquer paixão é lazer Virou moda na quebra O bagulho é brincar de crescer Brincar de ser rei Brincar de ser eu

RapNacional
436,258
Um44k - Nossa Música ♪♫
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) NO MEIO DESSA CONFUSÃO VOCÊ ME DEIXOU NA MÃO CÊ ME TIROU O CHÃO POR QUE? ME AJUDE A ENTENDER EM TODO LUGAR QUE EU TÔ EM TODO LUGAR QUE EU VOU EU PENSO EM VOCÊ POR QUE? EU QUERO ENTENDER E NA RAZÃO EU NÃO POSSO MAIS PENSAR EM TE REVER E NO CORAÇÃO NÃO AGUENTA MAIS FICAR E QUER FAZER UMA LIGAÇÃO PRA TE PEDIR PERDÃO E SERÁ QUE VOCÊ AINDA PENSA UM POUCO EM MIM SERÁ QUE SÓ EU QUE ESTOU SOFRENDO ASSIM NÃO TEVE PENA DO FIM E O NOSSO TEMPO ACABOU E A SOLIDÃO EU MANDEI VIR POR QUE PRA MIM NÃO É MAIS PRA VOCÊ TANTO FAZ E AGORA SOU EU QUEM QUER VOLTAR ATRÁS EU FIZ TUDO ERRADO E EU SEI QUE DOEU MAS NO FIM O CORAÇÃO VENCEU

RapAcústico
1,116,802
Tribo da Periferia - Imprevisível ♪♫
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) (Duckjay) Nem liga, se o banco de trás virar rave Se eu já repeti várias vezes esse som Daqui pras quatro é louça, janela vai tremer na rua toda Desculpe minha lombra Uoooh Foda-se a insônia Uoooh Pois quem dorme sonha, quem vive realiza e eu elevo o nível Do imprevisível Desculpe minha lombra Minha lombra Foda-se a insônia Insônia Pois quem dorme sonha, quem vive realiza Essa porra toda De mim se pode esperar tudo Menos isso, que cê ta pensando agora E o resumo, é muito mais que uma longa história pra contar É o sabor do desprazer, e a aurora É como um beijo com gosto de vodka Porque aprendi cedo a fugir da lógica Tem como maior medo a rotina metódica E vi que o segredo de uma vida sólida É quebrar estatística, deixa o mundo girar Já pensou se eu parasse naqueles dias de chuva hein Que a lama atrapalhava, e o sol insistia em brilhar A vida amedrontava mais do que a viela escura Mais me provocar loucura, é só mais uma dádiva Se o banco de trás virar rave Se já repeti várias vezes esse som Daqui pras quatro é louça, janela vai tremer na rua toda Desculpe minha lombra Uoooh Foda-se a insônia Uoooh Pois quem dorme sonha, quem vive realiza e eu elevo o nível Do Imprevisível Desculpe minha lombra Minha lombra Foda-se a insônia Insônia Pois quem dorme sonha, quem vive realiza e eu elevo o nível Do Imprevisível (Look) Estúpido até posso ser Mas pra ser bem sincero Não sei o que “cê” acha Mais sei bem o que quero Vou atrás do que importa outra parte eu espero Hoje ganho o mundo e depois um V12 amarelo Viva seu sonho e foda-se a insônia A gente aprende, a gente apanha Banco de trás é babilônia Mais um residente dessa longa vida cigana Caraí! Partiu "pro" dia seguinte Vai desculpando minha lombra De um insano fim de semana Carreta atribulada, a firma muda de cena Incerto de perder no jogo, quando no amor já se ganha (Duckjay) Se o banco de trás virar rave Se já repeti várias vezes esse som Daqui pras quatro é louça, janela vai tremer na rua toda Desculpe minha lombra Uoooh Foda-se a insônia Uoooh Pois quem dorme sonha, quem vive realiza e eu elevo o nível Do Imprevisível Desculpe minha lombra Minha lombra Foda-se a insônia Insônia Pois quem dorme sonha, quem vive realiza e eu elevo o nível Do Imprevisível.

RapNacional
2,897,199
Tribo da Periferia - Doce da Alma ♪♫
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) Ela é tipo aquela seda que salva tipo vinho seco que adoça a alma Como aquela guerra que trasmite calma E o sorriso simples que merece palmas É tipo a divisao de indecisões O teor de uma erupção em emoções E o caráter formado por ocasiões E não vai ser moldado por opiniões E o outro sou eu O atribulado sou eu Mas, também vem da rua Criado sem pai, pô! Acho que foi isso que me deixou tão sagaz, ah Provar minha conduta, ainda é cedo demais Mas, se hoje eu tô na guerra É porque amanha quero paz E no declive Se não tiver equilibrio, é queda livre E tipo eu sou a bala, ela é o calibre Pá! Eu procuro a guerra, ela decide Se vamos guerrear Ela é eclipse Eu sou quebrada Eu sou formação marginal, ela é magistrada Sou o maluco que pula de ponta da ponte Ela é o horizonte, e nós juntos se torna estrada Ela é o erro na medida exata Ela é jóia rara Mais que o ouro, mais que a prata E esse sem camisa De Evoque e cordão Que faz dessa avenida melhor emoção É bem avançado o bagulho É bem avançado, pô! Faço do meu desande, minha direção! Se eu pedir pra ela por uma balaclava, sabe o que ela vai dizer? Dá nada! E se eu pedir pra virar vinte madrugada, sabe o que ela vai dizer? Ela é tipo aquela seda que salva tipo vinho seco que adoça a alma Como aquela guerra que trasmite calma E o sorriso simples que merece palmas.

RapNacional
880,076
Tribo da Periferia - Nem Foi Combinado ♪♫
Portal do Rap

Extensão para fazer download das músicas https://chrome.google.com/webstore/detail/soundcloud-downloader-fre/libedajeiljdoodmokbppgapcfbignci/related?hl=pt-BR (Letra) Duckjay: Eu sou da quebrada dos cone Das “berma” da Cyclone Do lugar que os moleque esbagaça com os Firestone Sei não, sem Danone Aos onze já era homem, aos vinte adesivei meu Opala de Corleone Não conheci o crime, mas fugia dos "homi" Às vezes uma trapaça assinada por Al Capone Quebrada é lenda urbana, mas não existe lobisomem Maloqueiragem é grande, nem dá pra pegar do drone Um rolê de mil e cem a quebrada freezone Mas no fone toca Bob Marley, toca Bone Não contei com a sorte, não Respeitei meu nome pá Mas sonhei com a Rame, pra queimar pneu no Shopping “Porra” Refrão: Tá grave nós tá tipo como Insano, nesse mundo insano Vivendo, arriscando e ganhando E nem foi combinado pra dar certo E nem foi combinado pra dar certo E nem foi combinado pra dar certo Deu bom! Look: Nossa que nostalgia De novo, essa resenha fez a noite virar dia Chama na gíria, chama Sou gangueragem pelas ruas de Brasília Lembrei das pipas, do cerol na linha Relembra tempo bom, som das antiga Baralho, dominó junto a família Problemas e GoPro essa é a vida Bem complicada Cheio de nada aqui Com tantas vagas abertas pra uma ressaca aqui Não quero nada aí Mas sinto falta de, elas em alta de formas ilimitadas Bem como falo Falei pra você que os moleques é problema pae Eu falei! Junta no “bolin” desenrola na cena “Carai” Pra rua de agora, bagulho de cinema Vai! Sei que todo esforço gera recompensa Tey, Tey Refrão: Tá grave nós tá tipo como Insano, nesse mundo insano Vivendo, arriscando e ganhando E nem foi combinado pra dar certo E nem foi combinado pra dar certo E nem foi combinado pra dar certo Deu bom!

RapNacional
761,201
loading...